Silvia Isabel Flores

Graduada em Educação Física na UPF em 1998

 

Sempre gostei de esportes, desde criança, mas nunca havia pensado em realizar o curso de Educação Física. Foi quando estava encerrando o ensino médio, no supletivo, que resolvi fazer vestibular e, a partir disso, a minha vida mudou, foi a melhor decisão que podia tomar. Passei em primeira chamada no Vestibular da UPF em 1991 e assim que comecei a faculdade, já no primeiro semestre, fui convidada a dar aula em uma academia de ginástica. Após, também durante a graduação, fui convidada a dar aula em uma escola, uma experiência enriquecedora, já que possibilitava aliar a teoria vista em sala de aula com a prática do dia a dia. Foi uma época muito boa, de muito trabalho, fato que explica por que acabei demorando mais tempo para me formar – eram quatro anos e demorei sete anos para concluir o curso, conciliando trabalho e estudos.

 

Enquanto fazia a faculdade, estágios em diferentes escolas e empresas e trabalhava como professora em escola particular, tomei a decisão de direcionar minha carreira profissional para dar aula em academia. Na época, o curso de Educação Física habilitava para o bacharelado e a licenciatura. Assim, foram 18 anos da minha vida dando aula de ginástica em todas as modalidades possíveis para depois começar a trabalhar como personal trainer, atuação que exerço hoje em uma das principais academias de Passo Fundo.

 

O curso de Educação Física na UPF abriu um leque de possibilidades em minha vida. Posso dizer que sou uma profissional realizada, estou atuando em uma área maravilhosa e promissora, já que as pessoas estão cada vez mais preocupadas com saúde e qualidade de vida.